Suplementação de hormônio do crescimento ou zinco no crescimento de crianças não eutróficas: síntese de evidências para tomada de decisão estratégica na gestão em saúde

Clariana Pacci Moreira dos Santos, Vanessa Fernandes Coutinho, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


A baixa estatura infantil está relacionada a fatores como morbidade, mortalidade, baixa estatura na idade adulta, e estado nutricional, podendo ser causada por influências genéticas ou ambientais. Objetivo: Revisar na literatura acerca das técnicas a suplementação do zinco ou a utilização de hormônio GH no crescimento de crianças, comparando suas vantagens e aplicações. Metodologia: Trata-se de uma revisão da literatura com síntese de evidências, com artigos sobre a comparação entre os efeitos do hormônio do crescimento GH e zinco no crescimento de crianças não eutróficas. Síntese de evidências: ao se comparar a capacidade de ambos os métodos de diferenciação o hormônio GH é um tratamento em longo prazo podendo levar à altura adulta dentro do esperado e a suplementação do zinco atua diretamente no hormônio GH já produzido pela criança obtendo resultados diferentes pois depende da resposta de cada organismo.


Palavras-chave


Crianças, Estatura, Suplementação, Zinco, Hormônio do Crescimento, Gestão em Saúde.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.