Relato de casos de síndrome de Guillain-Barré provenientes da cidade de Atibaia – SP

Brianda Sponton Moreira, Priscila Guerra

Resumo


Introdução: A síndrome de Guillain-Barré (SGB) é uma doença autoimune de etiologia não claramente conhecida. Caracterizada por comprometimento inflamatório agudo dos nervos periféricos e craniais, levando à debilidade simétrica progressiva e ascendente dos membros, podendo também apresentar formas atípicas de evolução. Objetivo: Relatar os casos de dois pacientes pediátricos acometidos pela SGB, com apresentações iniciais e evoluções distintas. Método: Análise de prontuários, descrevendo suas evoluções, diagnósticos, tratamentos e intervenções terapêuticas. Pretende-se, com a realização desta pesquisa, contribuir para o conhecimento relacionado à evolução e confuta pediátrica junto a pacientes som SGB. Descrição dos casos: Comparando os casos clínicos, foi possível identificar diferenças em relação à sintomatologia e evolução. O primeiro caso permaneceu na UTI por 40 dias, ventilação mecânica por 21 dias e no setor da enfermaria por 13 dias. O segundo caso apresentou sintomas e apresentação inicial compatível com a literatura, diagnóstico rápido e fácil. Realizado exame de imunoglobulina humana, permaneceu 06 dias em enfermaria, com evolução sem sequelas. Considerações finais: Até o presente momento, ambos os pacientes vêm apresentando bom prognóstico. O primeiro paciente, com algumas limitações físicas, realizando fisioterapia motora, já sem traqueostomia. O segundo, realizando suas tarefas diárias desde a alta hospitalar.

Palavras-chave


Pediatria, Genética, Síndrome de Guillain-Barré, Diagnóstico, Conduta Médica, Tratamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.