Torção de ligamento teres como causa de abdome agudo vascular após colectomia esquerda videolaparoscópica
PDF

Palavras-chave

Torção de Ligamento Teres
Colectomia
Abdome Agudo

Como Citar

Mattavelli, C. B., Rebolho, A. H., Medeiros, C. C., Riccio, J. Ângelo H., Mazzini, D. L. S., Vicentini, L. E., & Carpanetti, I. G. (2019). Torção de ligamento teres como causa de abdome agudo vascular após colectomia esquerda videolaparoscópica. International Journal of Health Management Review, 5(2). https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v5i2.178

Resumo

Objetivo: relato de caso de abdome agudo vascular causado por torção de ligamento redondo hepático, também conhecido como ligamento teres, após ter submissão de retossigmoidectomia videolaparoscopia. Método: relato de caso de natureza observacional, retrospectivo e descritivo. Relato de Caso: Paciente, sexo feminino, 65 anos deu entrada no pronto socorro com quadro de dor abdominal de forte intensidade e início súbito, em região epigástrica tipo em aperto sem irradiação ou fatores de melhora ou piora. A dor estava associada à múltiplos episódios de vômitos de conteúdo bilioalimentar, sem alterações do hábito intestinal e/ou febre. Submetida a exame de imagem sem grandes achados, optado por realizar uma laparotomia exploradora que evidenciou torção de ligamento teres com necrose .Considerações finais: Dada a importância do quadro clínico referido pela paciente e ausência de informações relevantes trazidos pelo exame de imagem, a laparotomia se fez necessária como método diagnóstico, evidenciando a causa de abdome agudo vascular pouco vista na prática médica, portanto, pouco relatada e discutida em estudos científicos.
https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v5i2.178
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) em http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html