Comparação entre os efeitos do jejum intermitente e da dieta com restrição de carboidratos no suporte nutricional ao paciente adulto com obesidade: síntese de evidências

Janaina Cristina Guerini, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Nas últimas décadas, a obesidade vem crescendo de forma significativa no Brasil e no mundo, tornando-se um sério problema de saúde pública. Além de gerar elevados custos aos sistemas de saúde em vários países, a obesidade pode causar o desenvolvimento de várias doenças, como: diabetes mellitus tipo II, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, depressão, câncer, etc. Existem inúmeras estratégias nutricionais que são usadas no tratamento da obesidade, entre elas estão o jejum intermitente e a dieta com restrição de carboidratos. Objetivo: Comparar os efeitos do jejum intermitente com os efeitos da dieta com restrição de carboidratos no suporte nutricional ao paciente adulto com obesidade. Método: Foi realizada uma revisão da literatura com síntese de evidências utilizando a ferramenta Publish or Perish com a seguinte estratégia de busca: obesidade AND (“jejum intermitente” OR “dieta com restrição de carboidratos”). Conclusão: Ambas as estratégias nutricionais são eficientes no tratamento da obesidade, no entanto, a dieta com restrição de carboidratos mostrou ser mais eficiente que o jejum intermitente.


Palavras-chave


Nutrição Clínica, Obesidade, Jejum intermitente, Dieta com restrição de carboidratos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.