IMPACTO DA QUARENTENA DECORRENTE DA PANDEMIA DE COVID-19 NA ROTINA DE CIRURGIAS DE DIÁFISE DA TÍBIA
PDF

Palavras-chave

Ortopedia
Traumatologia
Fraturas
Tíbia
Covid-19
Coronavírus.

Como Citar

Sterzo, M. C. S., Rosan, R. A. C., Oliveira, H. S., Fornari, J. V., Nonose, N., & Ninomiya, A. F. (2020). IMPACTO DA QUARENTENA DECORRENTE DA PANDEMIA DE COVID-19 NA ROTINA DE CIRURGIAS DE DIÁFISE DA TÍBIA. International Journal of Health Management Review, 6(2). https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v6i2.223

Resumo

Introdução: À medida que a COVID-19 se espalha, os hospitais estão rapidamente se tornando zonas quentes para o tratamento da doença. Porém, as salas de cirurgia se tornaram áreas de alto risco para transmissão de infecções respiratórias, especialmente em decorrência da necessidade de gerenciamento das vias aéreas. Objetivo: Avaliar o impacto da quarentena decorrente da pandemia de COVID-19 na rotina de cirurgias para correção de fraturas de diáfise da tíbia no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus (HUSF), localizado na cidade de Bragança Paulista – SP. Foram coletados dados sobre o número de cirurgias entre os meses de março e agosto do ano de 2020, que foram comparados com os dados coletados nos mesmos meses no período de 2017 a 2019. Resultados: Não foi observada redução no número de cirurgias para correção de fraturas de diáfise da tíbia no período de pandemia. Conclusão: Acreditase que a manutenção do número de cirurgias deveu-se à estabilidade da rotina do Serviço, além de uma possível quebra do isolamento proposto pelas autoridades, que manteve o número de acidentes, especialmente os motociclísticos.
https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v6i2.223
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) em http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html