A promoção da saúde pelo enfermeiro diante da violência sexual infantil intrafamiliar

Aparecida Maria de Lima, Daniel Pereira Cavalcante, Paulo Renato da Silva, Priscila Grifo dos Prazeres, Elisabete Calabuig Chapina Ohara, João Gregório Neto, Adílson Marques da Silva, Elaine Mendes Fernandes, Regiane Mathias

Resumo


A violência sexual infantil é um problema de saúde pública passível de prevenção e resolução, desde que haja envolvimento da comunidade como um todo, sendo a Política Nacional de Promoção a Saúde essencial nesse processo. Trata-se de uma pesquisa de revisão bibliográfica que tem por objetivo identificar os programas de ações do enfermeiro para a promoção da saúde diante da violência sexual infantil intrafamiliar. A promoção à saúde diante do abuso sexual infantil intrafamiliar é um tema desconfortável para o enfermeiro e toda equipe de saúde, seja pelo treinamento insuficiente ou pelo desconhecimento das dimensões do problema. Além da promoção ligada à prevenção, é preciso que o enfermeiro saiba atuar diante de um possível abuso, identificando os sinais e sintomas tanto anatômicos e biológicos, quanto históricos e sociais apresentados pela criança, sendo capaz de acionar os órgãos competentes e direcionar a criança para atendimento com a equipe multidisciplinar. O enfermeiro é essencial no processo de promoção e prevenção da violência sexual infantil, pois costuma ser este o profissional com maior vínculo estabelecido com a vítima e sua família, sendo, portanto, fundamental que sua formação e atualização constante sejam de excelência.

Palavras-chave


Enfermagem; Abuso sexual; Serviços de proteção infantil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.