Análise comparativa da resistência de bactérias ambientais e patogênicas em condições extremas simuladas em laboratório

Alice de Moura Emílio, Marcia Zorello Laporta, Priscila Reina Siliano

Resumo


Ambientes inóspitos e suas condições extremas limitam e/ou impossibilitam o aparecimento de grandes comunidades microbianas. O objetivo desse trabalho foi analisar o comportamento dos microrganismos obtidos das amostras ambientais de solos argiloso e arenoso, além das amostras patogênicas de Escherichia coli, Salmonella typhi, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus em ambientes hostis simulados em laboratório. Foram realizados testes com ultravioleta, jarra de anaerobiose, micro-ondas, agentes químicos, pH, salinidade e calor com as amostras de bactérias. Todas as amostras bacterianas se mostraram resistentes aos tratamentos exceto àquelas submetidas aos testes de micro-ondas em potência máxima e ao de pH ácido, evidenciando a resistência dos seres procariotos a alterações ambientais extremas.

Palavras-chave


Bactérias patogênicas. Bactérias ambientais. Fatores abióticos. Resistência bacteriana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.