Tuberculose ganglionar associada à imunodeficiência primária após vacinação de lactente com BCG: relato de caso

Camila de Oliveira Camillo, Priscila Guerra

Resumo


Introdução: As reações adversas após a vacinação com BCG são raras. No entanto, indivíduos imunocomprometidos e, em particular, pacientes com imunodeficiências primárias, são propensos a desenvolver complicações derivadas da vacina. Objetivo: Relatar um caso de tuberculose ganglionar em lactente após vacinação com BCG, associada à imunodeficiência primária, atendido em nosso Serviço. Método: Tratou-se de caso único, atendido no Serviço de Pediatria do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus – HUSF, localizado na cidade de Bragança Paulista – SP. A autorização da mãe para descrição do caso, responsável legal pelo bebê descrito, foi registrada por meio da assinatura de termo de consentimento livre e esclarecido. Relato do Caso: Tratou-se de um lactente de 7 meses de idade com tuberculose ganglionar após vacinação com BCG, associada à imunodeficiência primária, atendido em nosso Serviço. Durante a internação houve piora do quadro, com necessidade de intubação orotraqueal, e a despeito da adequação da terapia medicamentosa, incluindo antibioticoterapia e imunoglobulina humana, além de internação em UTI pediátrica, não houve melhora do quadro, e o paciente veio a óbito. Conclusão: A tuberculose ganglionar após vacinação por BCG é uma condição rara e de difícil diagnóstico em Pediatria. Devido a sua associação com os estados de imunodeficiência primária, o rastreamento dessa condição se mostra importante, visto que poderá identificar de imediato os recém-nascidos susceptíveis. O diagnóstico precoce por meio do rastreamento permitiria a realização de uma avaliação individualizada dos riscos relacionados à não-vacinação, assim como aqueles que porventura possam surgir em decorrência da aplicação da vacina.

Palavras-chave


Ginecologia, Obstetrícia, Tuberculose Ganglionar, Lactação, Vacinação, BCG

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.