Metodologia para Gerenciamento de Riscos no Desenvolvimento de Projetos de Inovação Complexos Através da Triz: Pesquisa-Ação em Uma Indústria Farmacêutica de Grande Porte
PDF

Palavras-chave

Gestão de Projetos
Gestão de Riscos
Pesquisa-ação.

Como Citar

Rovai, R. L., Freitas, S. de A. R. e, & Plonski, G. A. (2015). Metodologia para Gerenciamento de Riscos no Desenvolvimento de Projetos de Inovação Complexos Através da Triz: Pesquisa-Ação em Uma Indústria Farmacêutica de Grande Porte. International Journal of Health Management Review, 1(1), 50–89. https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v1i1.89

Resumo

O objetivo deste trabalho foi adaptar e aplicar a metodologia TRIZ para o gerenciamento de projetos de inovação complexos e de alto risco. Realizada uma abordagem holística da teoria de Epstein sobre gestão de riscos em projetos complexos e a TRIZ. Utilizado método de pesquisa-ação para implementação do modelo proposto neste trabalho de gerenciamento de riscos em projetos, em uma indústria farmacêutica de grande porte. A coleta de dados para o diagnóstico foi realizada com 67 colaboradores. Dos resultados, o diagnóstico situacional apontou que embora utilizam a TRIZ, ela sozinha não melhorou seus indicadores em relação a redução do tempo de desenvolvimento de novos produtos, foi necessário planejar a customização de um software especifico (desenvolvido de forma personalizada; com as necessidades cliente final e médicos prevista; com melhor explicitação dos fatores de complexidade integrados à TRIZ). Conclui-se que processos específicos de interfaceamento estruturados em processos com uma visão sistêmica de riscos devem ser assegurados através do desenvolvimento de um aplicativo ou ferramenta de software que assegurem maior efetividade ao processo de integração.
https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v1i1.89
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) em http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html