Hipertensão pulmonar em neonato de mãe com hipertensão gestacional: relato de caso

Paula Bellotto, José Roberto Lutti Filho

Resumo


Introdução: O diagnóstico e o manejo do estado hemodinâmico de neonatos com Hipertensão Pulmonar (HP) são desafiadores devido à multiplicidade de etiologias e às características únicas do sistema circulatório pulmonar. Objetivo: Relatar um caso de hipertensão pulmonar neonatal (HPN) de um recém-nascido (RN) de mãe hipertensa crônica com hipertensão gestacional atendido no Serviço de Neonatologia (SN) do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus (HUSF) – SP. Método: Os dados relacionados ao paciente foram obtidos por meio da verificação do seu prontuário, que já se encontrava arquivado no referido Serviço. Conclusão: Este relato descreveu um caso bem-sucedido de controle e tratamento de HPN em um RN de mãe apresentava doença hipertensiva específica da gravidez (DHGE) sobreposta, assim como síndrome HELLP (hemólise, enzimas hepáticas elevadas e baixa contagem de plaquetas). O quadro do paciente foi controlado com o uso combinado de óxido nítrico (NO), dobutamina e dopamina, em conjunto com ventilação pulmonar mecânica (VPM), ventilação não invasiva (CPAP) e halo de oxigênio.

Palavras-chave


Neonatologia; Hipertensão Pulmonar; Hipertensão Gestacional; Diagnóstico; Tratamento; Prognóstico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.