Tratamento cirúrgico de epifisiolise crônica com luxação e Realinhamento subcaptal: relato de caso
PDF

Palavras-chave

Ortopedia
Traumatologia
Reabilitação
Epifisiólise
Fêmur.

Como Citar

Fornari, J. V., Rosan, R., Buainain, R. P., Nonose, N., & Szogyenyi, A. (2020). Tratamento cirúrgico de epifisiolise crônica com luxação e Realinhamento subcaptal: relato de caso. International Journal of Health Management Review, 6(1). https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v6i1.189

Resumo

Introdução: O escorregamento epifisário de fêmur é uma doença relativamente frequente na atividade do ortopedista, apresentando bons resultados quando operados pela técnica de fixação in situ. Objetivo: Relatar um caso de escorregamento epifisário crônico tratado com luxação controlada da cabeça do fêmur, com osteossíntese local. Método: Após rebatimento do trocanter maior, foi realizada capsulotomia em Z, liberação da fise de crescimento, retirada do calo ósseo, correção manual da deformidade da epífise, e redução cruenta da articulação. Conclusão: A epifisiólise continua sendo um grande desafio para o ortopedista, visto que muitos casos ainda chegam tardiamente com indicação de cirurgia. Sabe-se que a epifisiólise continua sendo uma lesão muito comum, necessitando assim de intervenção cirúrgica. A técnica de Ganz proporciona uma cirurgia que, apesar de aberta e mais invasiva quando comparada com outras técnicas, apresenta como vantagem a preservação da cabeça femural, bem como a manutenção da anatomia local, todavia exigindo uma experiência maior do cirurgião com relação à anatomia local e vascularização da cabeça do fêmur.
https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v6i1.189
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) em http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html