Resseccão artroscópica de fragmento ósseo após redução de luxação de quadril: relato de caso
PDF

Palavras-chave

Ortopedia
Traumatologia
Artroplastia de Quadril
Revisão Cirúrgica

Como Citar

Silva, M. de O. N., Berci, M. P. F., Mizael, W. D., Nonose, N., Miguel, G. C. de, Ninomiya, A. F., & Rosan, R. A. C. (2021). Resseccão artroscópica de fragmento ósseo após redução de luxação de quadril: relato de caso. International Journal of Health Management Review, 7(3). https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v7i3.271

Resumo

Introdução: Quando a luxação de quadril é reduzida, fragmentos podem permanecer no interior da articulação, principalmente nos casos de luxação posterior, onde a fratura da parede posterior do acetábulo pode ser cominuída. Os fragmentos são difíceis de detectar pela radiografia convencional e, portanto, a tomografia computadorizada é sempre indicada em fraturas-luxações no pré e pósoperatório para verificar se todos os fragmentos intra-articulares foram removidos e a fratura foi reduzida: Objetivo: Relatar um caso de resseccão via artroscópica de fragmento ósseo após redução de luxação de quadril atendido em nosso Serviço. Método: Trata-se um estudo de caso único, retrospectivo, realizado no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus (HUSF), localizado na cidade de Bragança Paulista – SP. Conclusão: Este relato demonstrou que a luxação posterior do quadril esquerdo associada à fratura do rebordo posterior do acetábulo pode gerar fragmentos ósseos intra-articulares resultantes da fratura do rebordo posterior do acetábulo. Após a redução, tais fragmentos devem ser retirados, preferencialmente por via artroscópica, visando menores prejuízos anatômicos e funcionais à articulação do quadril.
https://doi.org/10.37497/ijhmreview.v7i3.271
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) em http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html