A sistemática dos efeitos da suplementação de glutamina na síndrome do intestino curto como elemento de gestão na área de nutrição clínica: síntese de evidências

Luciana Pereira Rocha da Silva, Vanessa Fernandes Coutinho, William Malagutti, Francisco Sandro Menezes Rodrigues, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Introdução: As situações metabólicas que cursam com distúrbios nos processos de digestão e absorção, acarretam vários prejuízos ao equilíbrio do organismo A retirada de 70 a 75% nos segmentos do intestino poderá resultar em doenças que acarretam diversas carências. Quando a ressecção é no colón, aumenta a gravidade do quadro, sendo caracterizada como síndrome do intestino curto (DE OLIVEIRA COSTA et al., 2015). Objetivo: Avaliar a utilização da suplementação de glutamina na síndrome do intestino curto associada à desnutrição. Método: Utilizando o Publish or Perish para pesquisa de trabalhos com maior relevância no meio acadêmico, foi realizada a leitura e compreensão desses artigos para um melhor entendimento sobre o assunto em questão. Conclusão: O uso de glutamina melhora o papel protetor da barreira intestinal, além de aumentar a vida dos tecidos da musculatura intestinal.


Palavras-chave


Gestão em Saúde, Intestino Curto, Desnutrição, Suplementação, Glutamina.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.